sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Vivendo com uma família americana

Olá!
Como vocês sabem, o relacionamento com a sua host family é o mais importante para vocês terem um ano (ou dois anos) de sucesso como au pair. E entender um pouco sobre as famílias, antes de embarcar, é uma boa ajuda para que isso aconteça!
Vejam aqui algumas informações importantes sobre as famílias americanas, que vocês não devem deixar de considerar durante seu intercâmbio.

* Os padrões de família nos EUA variam de Estado para Estado
Assim como no Brasil, famílias de Estados diferentes, vivem, comem, trabalham de maneiras diferentes. Por isso é sempre importante pesquisar também sobre seu Estado, os costumes de onde você vai ficar. Uma família do interior do Texas é muito diferente de uma família de Montana, que tem pouquíssimo em comum com uma família de Los Angeles, Califórnia.

* Assim como no Brasil, existem diferentes formatos de famílias
Além do formato padrão de família (pai + mãe + crianças), existem mães solteiras, pais solteiros, casais homossexuais. Temos famílias de diferentes religiões e até famílias de nacionalidades diferentes que são naturalizados americanos. Na grande maioria dos casos, ambos os pais trabalham (em casa ou fora), alguns têm dois empregos, e os horários de trabalho podem ser malucos as vezes. Eles têm apenas 10 dias de férias por ano!!
* Cuidados com as crianças
A busca por cuidados para seus filhos costuma ser uma de suas principais preocupações dos jovens casais. E babás, ou childcare centers são extremamente caros, além de não oferecerem muita flexibilidade no horário, nem um cuidado personalizado, com envolvimento. As crianças só podem começar a ir para escolinhas, ou "day care centers" a partir de 3 anos de idade. A licença maternidade das americanas dura apenas 12 semanas (3 meses). Por isso as americanas ou têm que parar de trabalhar, ou deixam seus filhos com os avós, ou contratam nannies, ou au pairs (a melhor opção - claro! ;)) ou procuram day care centers após os 3 anos de idade da criança. As crianças passam pelas seguintes fases em sua vida escolar:

- Nursery / Pre-school: 3 anos de idade
- Kindergarten: 4 ou 5 anos de idade
At 6 they go to school
- Elementary School: 6 a 11 anos de idade aproximadamente
- Middle School / Junior High: 12 a 13 anos aproximadamente
- High School: 14 a 17 anos aproximadamente
Aos 18 ou 19 anos eles vão para as universidades. O mais comum é eles sairem da casa dos pais e irem morar na universidade ou com amigos nessa idade. É considerado um grande passo na vida de todos eles. É quando eles se tornam "adultos" independentes.
Uma curiosidade é que é muito comum os americanos se casarem com a (o) namorada (o) do High School ou da universidade, principalmente em cidades pequenas. Em geral, os americanos se casam mais jovens que os brasileiros.

* Escolas americanas
As escolas americanas trabalham de uma maneira diferente do que as brasileiras. Eles não se focam nos fatos (memorizar datas, fatos, etc) e sim em raciocínio e pensamento crítico. Eles incentivam muito os alunos a darem suas opiniões sobre o que estudam, a elaborarem soluções, ainda que não sejam colocadas em prática.
Os jovens são muito incentivados a desenvolver habilidades sociais através de uma quantidade enorme de atividades extra curriculares oferecidas pela escola como: esportes (futebol americano, baseball, futebol, voley, basquete, golf, natação, cheerleaders, lutas, etc), banda, aulas de música, clube de espanhol, clube contra as drogas, aulas de teatro, honors society (só os alunos com as maiores notas participam), competições de matemática, de inglês, de física e muito mais.
Quando os jovens tentam entrar em uma universidade ou procuram um emprego, essas atividades extra-curriculares contam tanto quanto ou até mais que suas notas nas matérias obrigatórias. Toda a rotina da escola gira em torno dessas atividades e a comunidade sempre vai aos jogos e competições das escolas e universidades.


* As refeições da família
A correria da vida moderna acabou atropelando as refeições em família. Muitas vezes o café da manhã e o almoço são apenas lanches, onde cada um come na hora que pode, e o jantar é a única refeição em família. Essa refeição é muito valorizada pela grande maioria das famílias, pois é quando eles conversam sobre como foi o dia de cada um. As refeições de domingo também costumam ser com a família toda. São momentos especiais para qualquer família, eles aproveitam para conversar sobre os planos de cada um, sobre os eventos que estão chegando e principalmente, para os pais passarem seus "valores" e lições aos filhos.

É claro que com apenas esses tópicos, não conseguimos traçar o perfil completo de uma família americana. Mas eles ajudam a entender um pouco melhor o que as host families esperam de vocês.


Eles esperam por exemplo que vocês incentivem os filhos a participarem de esportes, atividades educativas e evitem que eles fiquem na TV, vídeo game ou computador. Jogos de tabuleiro, brincadeiras ao ar livre e artesanato são maneiras de estimular o raciocínio lógico, a criatividade e o interesse por esportes. Para se envolver mais com a família e até com a própria cultura americana, procure saber dos pais o que eles faziam durante o High School e universidade.


Mostrem as famílias que eles podem ficar tranquilos enquanto os "bebês" deles estão com vocês! A maior preocupação deles é que eles estejam com alguém que eles sintam que se importa com a segurança, o bem estar e o desenvolvimento dos filhos deles. Se eles verem em você uma parceira nesse sentido, a chance de o bom relacionamento de vocês estar garantido é enorme!


Incentive as crianças a contarem o que fizeram durante o dia para os pais durante as refeições. Se eles forem muito pequenos, conte você mesma. Procure saber como foi o dia deles (pais) também. Reforce com as crianças os valores que você vê que os pais tentam passar para eles.

E as atuais au pairs? Tem alguma curiosidade ou dica para acrescentar a esse post? Sejam bem vindas!


Até semana que vem!

2 comentários:

Anônimo disse...

À cada post fico mais bem informada!Parabéns!Será ótimo saber das au pairs tb!!!

Cris-SP

Joy Corrêa disse...

Toda informação, por menor que seja, sempre será bem vinda, obrigada!

Eu leio toda semana o que vcs postam e acho mega importante esses "toques", thanks a lot!

Joy Correa.